.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


sub tit

sub tit

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Parabens ao Fernando Santos

O nosso companheiro Fernando Santos, passa hoje mais um aniversário natalicio. Para ti amigo um grande abraço de parabéns, que contes muitos com saúde junto dos teus.
PARABÉNS.

Leandro Guedes.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Parabens ao Marinho que faz hoje anos




Ao nosso companheiro Carlos Marinho, enviamos um grande abraço de parabéns, pela passagem de mais um aniversário.
Que contes muitos companheiro com saúde.
Leandro Guedes

domingo, 12 de fevereiro de 2017

As últimas fotos do falecido Heitor, furriel enfermeiro, enviadas pelo seu filho João



Serafim, Ferreira, Heitor e Lourenço

Casa do Djamil à direita e o café do Silva ao fundo

Prisão, torre de vigia e secretaria, será?

Numa Daimler - Heitor, Jorge Gouveia e alf. Oscar


Saindo para operação militar - em segundo lugar o Heitor, depois o alf. Fernando António Alves e Palma. Quem será o primeiro companheiro?
O Heitor de costas, junto a um helicóptero da Força Aérea, estacionado na pista de Tite.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Algumas fotos mais, enviadas pelo João Heitor, filho do Heitor, furriel enfermeiro

Aqui vê-se o Noné, Marinho, Heitor, Madureira e alf. Rodrigues. Não me lembro do nome do companheiro de bigode.

O Heitor em dia de consulta médica à população

Lourenço, Ferreira, Serafim, Heitor e Abreu

O Heitor entre vários amigos

O Monteiro, Heitor e...

O Heitor bebendo uma imperial no café do Silva

O Heitor na capela de Tite, com o Sargento Bico

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Mais fotos do falecido Heitor, enviadas pelo filho João

Parque auto em Tite

Pista de aviação, na parte de trás do quartel de Tite

do lado direito a Enfermaria, onde trabalhava o Heitor, em frente o depósito da água e do lado esquerdo a camarata dos furrieis

Porta
Porta d' Armas e avenida central de Tite

Em confraternização na casa do Silva - Pedro, Henriques, Bagulho, Narciso,  Pica, Heitor e mais alguns companheiros

Ferreira e o seu cachimbo, Arrabaça, Sargento Bico, Domingos Monteiro, Cavaleiro, Lourenço e por trás Abreu, Heitor e Serafim

Fotos do falecido furriel Heitor, envias pelo filho João Heitor

Caro Leandro. 

Peço desculpa de nunca mais lhe ter respondido. 

Envio desde já algumas fotos que fotografei. 

Desconheço onde foram tiradas. 

Amanhã envio mais. 

Um abraço 

João Heitor (filho do falecido furriel Heitor, enfermeito).

José Paulo, das Daimler com  o Heitor

Arrabaça, Heitor, Serafim, Abreu, Sargento Bico (clarim) e de pé o Ferreira e Lourenço

O Heitor na sua sessão semanal de atendimento à população residente em Tite e nas localidades dos arredores

O Heitor parece ser o primeiro à direita, numa confraternização antes da partida para a Guiné

Em Tite - Lourenço, Heitor, Abreu, Serafim e Ferreira

Heitor, Jorge Claro e Serafim

domingo, 29 de janeiro de 2017

O Viana faz hoje anos.

Chegou a vez do nosso companheiro Viana, Armando Duarte da Silva Viana, passar mais um aniversário.
Para ti companheiro o nosso abraço fraterno de parabens, que contes muitos com saúde.
Abraços.






Um abraço, companheiro.
Leandro Guedes.


sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Novo post enviado pelo José Justo, para comemoração do nono aniversário deste blog. Obrigado companheiro.


Carlos Vaz Pires, passa hoje mais um aniversário.

O nosso companheiro Carlos Pires, do pelotão de morteiros, passa hoje mais um aniversário.
-
Para ti Pires, o nosso abraço solidário neste dia especial. Votos de boa saúde junto dos teus familiares.
Leandro Guedes.





quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

CCAÇ 2314 - Tite




TITE
Tite é uma localidade e um dos quatro setores da Região de Quinara da Guiné-Bissau com uma área de 699,5 km2 ². A região de Quinara com 3.138,4 Km2 está subdividida nos sectores de Tite, Buba, Empada, e Fulacunda
Aqui em 23 de janeiro de 1963 o PAIGC iniciou a luta armada com um ataque ao quartel de Tite, com a vinda de elementos a partir de bases na Guiné - Conakry.
O terreno no Sector de TITE apresenta-se, na sua generalidade, com um aspecto descontínuo em consequência
... das numerosas penínsulas que o constituem. A separar estas penínsulas encontram-se cursos de água mais ou menos caudalosos, de acordo com as marés que fazem subir consideravelmente o nível das águas. Estes cursos de água, tal como as bolanhas e lalas, dificultam a passagem de umas penínsulas para as outras. Na época das chuvas, os cursos de água, em especial, o rio LOUVADO e o rio FENINGUÊ, constituem verdadeiros obstáculos para cuja transposição são necessários meios. A passagem de umas penínsulas para as outras causava nas tropas, em especial na época das chuvas, um desgaste físico apreciável.
A vegetação é pouco densa.
Os principais itinerários existentes no Sector são: TITE – ENXUDÉ, TITE – NOVA SINTRA, TITE – IUSSE, TITE – NÃ BALANTA, NOVA SINTRA – GÃ MITILIA, BIOGATE – BISSÁSSEMA.
O itinerário TITE – ENXUDÉ assume importância especial em virtude de o ENXUDÉ ser o porto fluvial que serve TITE. Dado o grande movimento que tem, esse itinerário necessita de frequentes reparações, em maior escala após a época das chuvas que deixam o piso em más condições, sendo o único itinerário do Sector que dava passagem a viaturas.
A população civil é na sua quase totalidade constituída por autóctones. Apenas se verifica a existência de dois civis europeus metropolitanos na sede. Predomina a raça balanta, havendo pequenos núcleos de fulas, papeis e mancanhos.
São pouco numerosas as tabancas deste Sector que se encontram habitadas. Entre elas, podiam considerar-se sob controlo das NT apenas a tabanca de TITE.
As tabancas de IUSSE, NÃ BALANTA, FOIA, PONTA NOVA, TITE MANCANHA, BRAMBANDA, FENINGUÊ davam também a sua colaboração, forçada ou não, ao PAIGC.
As tabancas de FLAQUE NHABAL, BUNAUSSA, FLAQUE INTELA, NHALA DE BAIXO, NHALA DE CIMA, BISSÁSSEMA DE CIMA, BISSÁSSEMA DE BAIXO e FLORA encontravam-se praticamente sob controlo do PAIGC que nelas vive, procurava apoio e obtinha contributo no que lhe é necessário.
Tal como grande parte da Província, a área deste Sector é essencialmente rica em arroz, cultivado em extensas bolanhas, em especial nas regiões de BISSÁSSEMA, FENINGUÊ, FOIA, NÃ BALANTA e IUSSE.
Historial da CCaç 2314.

Cor. Pais Trabulo
(Fotos da página
Bart Tite Guine Bissau)



quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Almoço anual comemorativo dos 50º. aniversário da nossa partida para a Guiné

Caros companheiros:
Recebi hoje um telefonema da filha do nosso amigo Fernando Clara, dizendo que o co-organizador do almoço anual, Joaquim Almeida deixou de fazer parte do projecto.
Assim sendo será o Clara o único organizador/responsável.
O almoço será em principio no dia 27 de Maio, na região de Vilar Formoso em local a anunciar.
Leandro Guedes.

CCAÇ 2314

  1. CCAÇ 2314
    Em 15 de janeiro de 1968, a CCaç 2314 chega no navio “UIGE” a BISSAU e embarca de imediato em duas LDM com destino ao ENXUDÉ. Daqui foi transportada em viaturas para TITE onde chegou cerca das 20H00. Foi-lhe atribuído o Sector de JABADÁ, sendo o treino operacional realizado em TITE, contudo, face ao desenrolar imprevisto da atividade operacional no Sector de TITE, é-lhe determinado que permaneça como companhia de intervenção do BART 1914.





Cor. João Manuel Pais Trabulo

GUIÃO DA CCAÇ 2314

  1. GUIÃO DA CCAÇ 2314
    A CCAÇ 2314 foi uma companhia que durante a sua permanência na Guiné serviu como companhia de intervenção do BART 1914, sendo o seu Guião idealizado e concebido pelo Alferes Mil. Trabulo, tendo em consideração o seguinte formato e simbologia:
  2. FORMATO:
    Tem a forma de quadrado em que a faixa exterior é composta por triângulos alternando o verde com o vermelho, simbolizando as cores da bandeira nacional; Nas quatro pontas do quadrado e dentro da faixa exterior
    ... verifica-se a existência de quatro quadrado mais pequenos onde estam inseridas as inscrições "CCAÇ - 2314 - 69-69 e GUINÉ", designando assim o nome, o numero da companhia, os anos da duração da prestação de serviço e a província onde foi prestado o serviço da companhia. 
  3. SIMBOLOGIA:
    No quadrado interior, encontram-se uma chama de uma fogueira em tom encarnado encimada com um morteiro 60 e um lança granadas foguete, orlados na parte inferior com a inscrição "AGE QUOD AGIS".
    A chama simboliza a "chama da vida", o morteiro 60 e o lança granadas foguete as armas ligeiras mais premente de que disponham os pelotões da companhia, tendo no fundo o lema latino "AGE QUOD AGIS" pretendendo com isso expressar o que procurou sempre a companhia fazer na sua passagem pele Guiné: "FAZ BEM AQUILO QUE FAZES".
Cor. João Manuel Pais Trabulo

sábado, 14 de janeiro de 2017

GUINÉ elimina vistos para atrair turistas portugueses


Caros amigos
Publicamos aqui uma noticia que hoje veio no Expresso, da autoria da Jornalista CONCEIÇÃO ANTUNES, a quem agradecemos com a devida vénia.
Para nós todos os artigos que promovam e valorizem as condições naturais da Guiné e das suas gentes, são sempre boas noticias.
Oxalá os resultados sejam de molde a tornar a Guiné um país mais respeitado, competitivo e com melhor nível de vida para o seu Povo.
LG.




ABRIR PORTAS AOS INVESTIDORES NACIONAIS