.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

terça-feira, 6 de setembro de 2011

CCAÇ 2314 - almoço anual foi a 3 de Setembro


Tal como estava previsto, teve lugar em 3 de Setembro de 2011, o convívio anual, no Gerês.
O dia esteve chuvoso e, por esse motivo, não foi possível cumprir o programa tal como previsto.
Estiveram presentes setenta e cinco pessoas, vinte e oito das quais, ex-combatentes.
Foi graças à preciosa colaboração do companheiro Artur Vasconcelos que foi possível este dia tão rico de acontecimentos.
Quero expressar-lhe, tal como à sua filha e ao seu genro, o meu agradecimento pela preciosa colaboração na elaboração do programa e sua execução. Direi mesmo ter sido o ano em que melhor decorreu o convívio. Foram completos no apoio e na divulgação bem como proporcionaram, a quem teve disponibilidade, um resto de tarde e até noite, uma visita a locais muito bonitos. Próprio de minhotos a receber convidados.
De igual forma, também o Senhor Presidente da Câmara de Vieira do Minho, mesmo ausente, foi de uma simpatia muito especial. A ele se devem simples mas muito curiosas lembraças que se distrubuiram aos participantes.
Por fim, não menos importante, foi a generosidade do companheiro Rodolfo Caseiro que ofereceu as lembranças, minimizando, desta forma, os custos a suportar. Bem haja.
Ficou acordado que o convívio do próximo ano terá lugar na Figueira da Foz, em 8-9-2012.
Até lá, desejo a todos um ano muito rico em bons acontecimentos e saúde.
_________________
este artigo foi transcrito com a devida vénia, do Blog da CCAÇ 2314 e ao seu mentor, nosso companheiro Joaquim Caldeira.

Sem comentários: