.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Allô Peniche!



estes foram os comensais que apareceram em Peniche. Falta o Pica, que estava de serviço de fotógrafo. Esperamos que para o ano, quando chegar a apanha da batata, eles apareçam também...
da esquerda para a direita: Carlos Reguila, José Costa, Amadeu Contige, Palma, Henriques (organizador do almoço) Gentil Lourenço, Victor Barros e Hipólito.

Allô Peniche!
Hoje dia 8 de Setembro, um grupo de companheiros mastigantes, muito dados às delicias gastronómicas, vai reunir-se em Peniche para uma almoçarada daquelas...
Ao que se sabe será caldeirada.
Tiveram a gentileza de me convidar, mas, conforme lhes disse, hoje não dá, visto que tenho para o almoço 4 netos e uma sogra...
Fica para a próxima.
Ficamos a aguardar uma crónica sobre o evento mais as respectivas fotos ou videos.
Um grande abraço e bom almoço
Leandro Guedes

2 comentários:

Albertina Granja disse...

Peniche é um belo local para se comer uma boa caldeirada.....
A escolha não podia ser melhor....

José Justo disse...

...estes jovens passam a vida em comezainas!!!...agora uma pergunta: Devem beber uns tintitos e se calhar ums berinaites scotch...então e no regresso não tem medo que lhes mandem parar o burro, e vai de assopro??!!
Como dizia o outro: também já fui muito feliz em Peniche, num dia muito bem passado.
A minha madrinha de casamento e Penichense.
Um abraço prós lamboes