.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Uma carta do Hipólito para o Pica Sinos...

Pica: Eu bem "pico" . . . Tem ligações à "Camerata de Torres". Músico, q.b.! O mais que consigo, é cara de "mula"! A D. Beatriz foi tão ingénua quanto eu em Tite! . . . Se fosse aqui, talvez o n/major cultivasse o dito cujo na sua horta- Uma salada de "arrebimba-ó-malho" para os que, de quando vez, ali faziam golpes de mão. . Estive com o Pe. Luís. Está a recompor-se de uma fase algo confusa na saúde dele. Tem 75 anos, mas prometeu procurar algumas fotos que não conseguiu encontrar na "tulha do Atílio" que é o escritório dele. Também colaborar no blog. A ver vamos . . . . Disse-me que, se tudo correr pelo melhor, irá a Ovar e que já, em tempos, remeteu fotos ao, então, tenente Ventura Vaz, mas que, posteriormente, lhe escreveu, não tendo obtido resposta. Não se lembra, pensando que não, de ter baptizado alguém na Guiné. Tem uma vaga ideia (como eu) de, na capela, ou próximo dela, ter caído metralha do IN. . Ficou perplexo, pois não fazia ideia dos "gandulos" e "galfarros" que compunham o seu "rebanho", mormente lá para os lados das transmissões "! Eu bem o avisava "como é que se pode ser padre numa freguesia destas"? E o mais que se irá desenrolando . . . . Um abração. Força, isto está a aquecer. Hipólito

Sem comentários: