.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Feliz Natal - do Justo.

“Todos nós temos Pessoa na alma”
A todos nós, a cada dia, nos vão semeando tortura na alma, como a tinha Fernando Pessoa.
Que a estrelinha que intencionalmente eu quis a verde, consiga com a sua cor, irradiar a nossa esperança futura nesta terra.
O Natal possível para todos, que sinceramente desejo com muita saúde e calor humano.
Justo

3 comentários:

Hipolito disse...

Belíssima tentativa de meter a estrelinha "verde" a brilhar! . . .
Desta, não colou. Para a próxima, quem sabe! . . .
De resto, um excelente trabalho, Justo.
Parabéns e um abraço
Hip.

leandro guedes disse...

Na verdade o Justo é um atista.
Não merecia que o seu verde andasse tão por baixo.
Mas merece um abraço fraterno por este excelente trabalho, com votos de boa saúde.
Parabens companheiro!

José Justo disse...

Amigos, gentileza vossa!!
O fundo não é totalmente meu, mas gostei tanto da árvore que não resisti...
O meu apreço á ideia original que modestamente enriqueci com os versos alusivos, mais uma vez, de Pessoa.
A estrelinha verde, não foi a "pensar no que pensam" foi a pensar na esperança...porque aos outros verdes...nem uma constelação a brilhar frente aos olhinhos os salva.
Tudo de bom para o nosso pessoal, amigos e visitantes do Blog.