.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

sábado, 4 de dezembro de 2010

Viagem a Punta Cana - pelo José Costa

tendas na praia

aspecto dos quartos

um momento bom

diversão na piscina

o guerreiro descansa

Mamajuana - bebida afrodisiaca...

paella

hora do check-out

aspecto da praia

tratando da barriguinha...

Férias em Punta-Cana República Dominicana – Nov 2010

Não sendo minha intenção  retirar dotes de bons textos ao Pica e ao Hipólito, eis-me a enviar “qualquer-coisinha” pró Blog já que o “nosso” Furriel Guedes assim sugeriu.

Desta vez resolvi ir d’abalada até à República Dominicana. Já tinha estado mais de uma vez por aquelas áreas, mas desta foi de vez.
Dista umas sete horas de Lisboa a Punta-Cana por via aérea. Nunca tinha viajado na SATA e alguma vez tinha de ser a primeira. Pessoal de cabine excepcional sempre atencioso. Pena foi que o aparelho mais parecesse um congelador… tal foi o frio que apanhamos dentro do aparelho de Lisboa até ao destino.
O aeroporto é um encanto. Todo a gente já viu e imagina um aeroporto bonitinho em qualquer ponto do mundo não é? Que tem um parque para táxis, autocarros, carros particulares etc e tudo pintadinho no chão. Bem assim como portas automáticas, escadas rolantes, seguranças por todo o lado, assim como lojas, bares etc etc… pois ali não é assim. Os aviões estão estacionados a poucos metros dos passageiros. No parking é o caos. O edifício, falei edifício? Não tem… mais parece uma tabanca coberta de colmo e aberto pelos 4 lados e em banda baixa, apenas um pequeno desnível para os bares. Os passageiros e os tripulantes dos aviões, bem como todo o pessoal de assistência aos voos convivem todos na mesma área… um encanto. Há...! Mas atenção, todos os passageiros são “cheirados” á porta do avião na hora de saída por um cão, não vá alguém trazer pó em vez de um pouco de areia pra mostrar aos de casa que não puderam viajar.
Acessos até ao hotel, faz-me lembrar o caminho de Tite ao Enxudé… dizem que estão a construir uma AE mas pelo que vi á distância… tem rotundas, e entradas e saídas pelas matas, pode?
Felizmente chegado ao hotel, tudo é maravilha. Instalações modernas bem asseadas e não seria para menos é um Resort de 5 estrelas do grupo IBEROSTAR. No meu caso fiquei no “DOMINICANA”
Comida e bebida á descrição a qualquer hora do dia sem mais custos, tenham estômago e bexiga para suportar.
Quanto a água do mar, como seria de esperar é quente a qualquer hora do dia ou noite, sim porque tomei banho no mar antes de me deitar num dia desses.
O dia a dia é feito assim: Pequeno almoço seguido de piscina ou mar, caminhadas á beira-mar vale a pena fazer, pois tem muito boas “vistas”…. Almoço em um dos 3 restaurantes á escolha…. Seguido de uma boa sesta na espreguiçadeira da praia ou piscina. Á noite, convém mudar de roupa pra não desmazelarmos rrsss, janta-se nos mesmo restaurantes, ou podemos ir ao Hotel vizinho “PUNTA-CANA” que pertence ao grupo e não se passa nada, porque á chegada aos hotéis é-nos dada uma pulseira que nos identifica o hotel onde “moramos” e assim podemos alternar conforme nos apetecer… depois assiste-se a um espectáculo feito pelo pessoal de lá, com alguma qualidade de som, luz e vozes e pronto. Os velhos bem como os casalinhos em lua de mel vão pra cama e os solteiros e solteiras, ficam pelo bar a “combinarem” um programa  e ou vão pra discoteca que é decorada com  peças de um DC6 desmontado e espalhado pelo espaço desta discoteca.
E pronto. De regresso a Lisboa na SATA, com o mesmo pessoal de cabine mas, desta feita em outro avião de fabrico mais recente.

Para o ano que vem se Deus quiser e o nosso 1º. Ministro “deixar”  haverá outro destino, de preferência sempre com mais de 7 horas de voo.

Abraço
José Costa

4 comentários:

leandro guedes disse...

O Costa deu o seu contributo com uma excelente descrição da sua recente viagem a Punta Cana. Esperemos que com este exemplo ( e o do Cavaleiro e do Justo) a restante malta se chegue à frente e conte as suas também.
Abraços.

DIVERSIDADES disse...

Que bom, férias na Republica Dominicana, especialmente nesta época do ano.
A descrição convida, sem dúvida, a deixar o frio de Portugal e a ir para as águas cálidas do Caribe.
Boas férias para os que, nesta altura, têm a possibilidade de o fazer.

Hipólito disse...

Oh, meu senhor . . .
E a minha "biaje num baleu" ?! . . .
Oh punta cana ! . . . punta cana !. . .
Tem livro de reclamações este blog ?

leandro guedes disse...

.. e a viagem do Hipólito também...