.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes, furriel milº Angola ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

"NINGUÉM DESCE VIVO DUMA CRUZ!..."

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

12.000 visitas

O BART 1914 AGRADECE A VOSSA VISITA QUE MUITOS MIL SEJAMOS A NÃO ESQUECER Neste dia 20 de Outubro de 2008, analiso o gráfico das visitas ao nosso Blog e constato que se registaram, (desde a construção, Janeiro de 2008, pelo ex-Furriel Leandro Guedes), dos mais variados pontos do Mundo, 12.000 visitantes! Foram em média mais de 1.200 por mês, a mostraram interesse para ficarem mais e melhor informados e esclarecidos do que foram os horrendos anos de guerra colonial. Os meus antigos camaradas d’armas, ao participarem com temas escritos, fotográficos e ainda só que seja em visitas, nesta modesta iniciativa da comunicação, fizeram-no, estou certo, com o intuito de “avisar” os jovens descendes e não só, as muitas situações de mágoas e das adversidades que lhes foram impostas numa terra com um pouco mais de 36 mil Km2. É certo que também sorriamos, que partilhávamos brincadeiras, que fazíamos em ocasiões, com o que podíamos e com os que nos chegava da família, as nossas refeições melhoradas, mas a maior parte das horas, dos dias, dos meses, eram de choro e de dor ao relembrar, naquela terra que nos era a todos estranha, da família, das mães, dos pais, dos irmãos, das esposas, dos filhos e dos amigos de quem abruptamente e estupidamente fomos, nos verdes anos, separados. Sobretudo repetir aos jovens, que a existência do Blog 1914, visou e visa especialmente um “grito” de alerta …NÃO À GUERRA!… Nunca é tarde para lembrar que durante 13 anos de combates, nas chamadas colónias ultramarinas, só para a Guiné-Bissau foram mobilizados 32.000 mil jovens dos quais foram “ceifadas” cerca de 2.070 vidas, e não sei quantos mil estropiados físico e mentalmente. Não nos esqueçamos nunca, dos 8.282 jovens europeus e, de outros tantos milhares de africanos que morreram em todas as frentes das batalhas.
Pica Sinos Os arranjos gráficos da autoria do Zé Justo

2 comentários:

alcinda leal disse...

PARABÉNS!
Grande dia este em que atingiram 12000 visitantes!
Também o blog merece! Isto é os seus colaboradores trabalham bem!
Obrigada pelas lições!

Leandro Guedes disse...

Olá amigos
Em cinco dias tivemos 500 visitas (quinhentas). Mas onde anda esta gente que só nos vem espreitar e nada diz?...
Abraços
Leandro.