.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes, furriel milº Angola ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

"NINGUÉM DESCE VIVO DUMA CRUZ!..."

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

domingo, 14 de setembro de 2008

...salta...salta...Piriquito !! Era o "grito de guerra" dos "velhinhos" quando chegavam as tropas que os iriam render. Ainda recordo o quanto me custou esta recepção do pessoal do Batalhão que fomos render quando chegamos a Tite. No inverso, foi óptimo, quando fomos nós a dar as boas-vindas, passados os penosos 24 meses. Zé Justo

1 comentário:

alcinda leal disse...

Olá Leandro e seus camaradas bloguistas
O Verão (quase) terminou e as nossas actividades seniores aí estão à nossa espera!
Espero que tenham tido boas férias como eu que , felizmente , tomei muitos banhinhos naquele maravilhoso mar dos açores e...também comi queijo a mais !!!
Então ...saltemos...saltemos...nesta .nossa actividade "guerrreira" de não apagar a memória!Boa produção!