.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Troupe de Reis do ORFEÃO DE OVAR

Amigos!

Cantares dos Reis em Ovar, é uma tradição secular da nossa cidade. A principal característica e que nos distingue de outras regiões e de outros grupos de cantares a que lhe dão o nome de “Janeiras” é o facto de sermos mais de trinta “Troupe’s” que vêm para a rua, visitando cafés, restaurantes, teatros e casas particulares. Todos os anos os textos são sempre inéditos assim como as músicas e que no final o resultado é o que está á vista.

Esta “Troupe” da qual eu faço parte desde 1962 (com o intervalo de 1966/1969 por motivos militares) chama-se: “Troupe de Reis do ORFEÃO DE OVAR” e que desde 1957 até hoje tem sido um sucesso. Além de muitas actuações por outras paragens, tem duas na Assembleia da República.

Pela ordem que está aqui os endereços dos vídeos, assim devem ver e ouvir. Sendo que o 1º número é uma “Saudação” às pessoas que nos escutam. O 2º é a “Mensagem” que queremos transmitir e o 3º é o “Agradecimento” ou seja, no final as pessoas da casa ou quem nos escuta e vê, oferece um donativo ou uma garrafa. O donativo é para a colectividade e as bebidas para o jantar de confraternização que fazemos após o 6 de Janeiro.

Para quem é mais “ceguinho” eu sou aquele que está por detrás do violino à esquerda do vosso monitor. Já agora a minha neta que também faz parte desde o ano passado desta “Trupe” toca flauta juntamente com mais duas e ela, é a do meio.

Abraço
Costa

http://www.youtube.com/user/mfregalado#p/a/u/1/tIKxY90N9l8

http://www.youtube.com/user/mfregalado#p/a/u/2/lvZtcfE0VD0

http://www.youtube.com/user/mfregalado#p/a/u/1/tIKxY90N9l8

1 comentário:

Albertina Granja disse...

Bonita esta tradição de Ovar.
E quão agradável é, ver que tantos jovens se interessam por integrar estas "Troupes de Reis"...
Só assim elas perdurarão no tempo e o entusiasmo e dedicação que demonstram transmitem-no às gerações vindouras, pois só assim as tradições não morrem...