.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS, NÃO ESQUECENDO AS ENFERMEIRAS PARAQUEDISTAS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

sexta-feira, 9 de março de 2018

Composição do Pelotão de Morteiros 1039




Após aturadas pesquisas chego à conclusão de que o nome do nosso Alferes, comandante do Pelotão de Morteiros 1039, é ARNALDO FRANCISCO DE MARTINS E CARVALHO, o qual recebeu uma Cruz de Guerra de 2ª. classe. 

O pelotão de Morteiros 1039, esteve em Tite desde 1965 até 1967


Faziam ainda parte deste pelotão: 
Furriel milº Alberto Nunes Guerra Matos, cruz de Guerra de 3ª classe, 
Soldado Manuel Gonçalves Afonso, Cruz de Guerra de 2ª classe, Soldado António Paulino, Cruz de Guerra de 4ª classe, 
Soldado João Nunes Dias, Cruz de Guerra de 4ª classe, 
Soldado Manuel P. Saraiva Migueis, Cruz de Guerra de 4ª classe, Soldado Justino dos Santos Boucinho, Cruz de Guerra de 4ª classe e Soldado Alipio Chaves Pereira, Cruz de Guerra de 4ª classe. 
Estes dados foram recolhidos da História do Batalhão 1914. 
Faziam também parte do pelotão de Morteiros 1039, os seguintes elementos, dos quais não temos nenhuma foto.
São eles:
Furriel Milº Arménio Fernandes Ponciano
Soldado João Oliveira Pereira
Soldado José António R. Soares
1º cabo Abel Fernandes Alves Vaz
Soldado Abilio Rodrigues Barbosa
     "       Eduardo Nunes Amancio
     "       Manuel Gonçalves da Silva
     "       Manuel Barbosa Coelho
     "       João Nunes Dias
     "       António Paulino
     "       Justino dos Santos Bonanha
     "       Alipio Chaves Pereira

Não sabemos os nomes dos restantes elementos.

Sem comentários: