.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

"Amigo é aquele que na guerra, nos defende duma bala com o seu próprio corpo"

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras
---

“Aos Combatentes que no Entroncamento da vida, encontraram os Caminhos da Pátria”

Frase inscrita no Monumento aos Mortos da Guerra Colonial, no Entroncamento.


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, O SPM, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS, NÃO ESQUECENDO AS ENFERMEIRAS PARA-QUEDISTAS.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

BOAS FESTAS - de Mário Beja Santos




Ao longo das páginas dos XVI volumes do Diário (1941-1993) tem Miguel Torga (1907-1995) espalhado um Cancioneiro de Natal. Não livro temático deliberado, mas poemas/apontamentos reflexivos e sentimentais sobre a data e o seu significado pessoal. Se em muitos poemas é a memória e o sentir próprio que se reflectem, noutros é a leitura social do significado da crença, o que encontramos.

Destes vinte e tal poemas explicitamente assinalados, e espalhados ao longo dos últimos cinquenta anos da vida do poeta (do Natal de 1940 ao Natal de 1991), transcrevo a seguir cinco. Se o consolo da fé não surge evocado, a esperança que a mitologia da data encerra nas suas múltiplas possibilidades, está sempre presente, à mistura com a amargura de que o mundo não seja o lugar de paz e harmonia que a cada nascimento se promete.
  
Loa
  
É nesta mesma lareira,
E aquecido ao mesmo lume,
Que confesso a minha inveja
De mortal
Sem remissão
Por esse dom natural,
Ou divina condição,
De renascer cada ano,
Nu, inocente e humano
Como a fé te imaginou,
Menino Jesus igual
Ao do Natal
Que passou.

S. Martinho da Anta, 24 de Dezembro de 1969.
  
Natal

Todos os anos, nesta data exacta,
Momentos antes
De fechar o cartório
De poeta
- Um registo civil ultra-real -,
O mago desse arquivo de presságios
Regista de antemão o mesmo nome
No seu livro de assentos:
- Jesus… - repete com melancolia,
A consumar a morte prematura
Do nascituro,
E a lamentar que a mãe, Virgem Maria,
Humana criatura,
Continue a ter filhos no futuro
Condenados à mesma desventura.

S. Martinho da Anta, 24 de Dezembro de 1973.
  
Natal

Soa a palavra nos sinos,
E que tropel nos sentidos,
Que vendaval de emoções!
Natal de quantos meninos
Em nudez foram paridos
Num presépio de ilusões.

Natal da fraternidade
Solenemente jurada
Num contraponto em surdina.
A imagem da humanidade
Terrenamente nevada
Dum halo de luz divina.

Natal do que prometeu,
Só bonito na lembrança.
Natal que aos poucos morreu
No coração da criança,
Porque a vida aconteceu
Sem nenhuma semelhança.

Coimbra, Natal de 1974.
  
Natal

Ninguém o viu nascer.
Mas todos acreditam
Que nasceu.
É um menino e é Deus.
Na Páscoa vai morrer, já homem,
Porque entretanto cresceu
E recebeu
A missão singular
De carregar a cruz da nossa redenção.
Agora, nos cueiros da imaginação,
Sorri apenas
A quem vem,
Enquanto a Mãe,
Também
Imaginada,
Com ele ao colo,
Se enternece
E enternece
Os corações,
Cúmplice do milagre, que acontece
Todos os anos e em todas as nações.

Coimbra, 25 de Dezembro de 1983.
  
Natal

Menino Jesus feliz
Que não cresceste
Nestes oitenta anos!
Que não tiveste
Os desenganos
Que eu tive
De ser homem,
E continuas criança
Nos meus versos
De saudade
Do presépio
Em que também nasci,
E onde me vejo sempre igual a ti.

Coimbra, 24 de Dezembro de 1988.
  
Poemas transcritos de Miguel Torga, Poesia Completa, 2 volumes, Publicações Dom Quixote, Lisboa, 2007. Abre o artigo a imagem de uma pintura de Master Francke, presumivelmente de 1424. Mestre Francke foi pintor activo no norte da Alemanha nos primórdios do século XV, e de cuja vida e obra hoje pouco se sabe.

In Vicio da Poesia
Mário Beja Santos”

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

O Costa faz hoje anos.

O nosso abraço de parabéns ao amigo e companheiro José da Costa, que hoje passa mais um aniversário.
Votos de boa saúde e que contes muitos mais, amigo.
Leandro Guedes.





sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

BOAS FESTAS - do Francisco Ferreira, de Lamego


“Para todos os amigos do Bat. Art. 1914 e Pelotão de Morteiros e outros desejo um Santo Natal e um Bom Ano Novo cheio de boa saúde. Um abraço para todos. Ferreira de Lamego.
Francisco Ferreira”


quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

BOAS FESTAS - do Santos Oliveira.


BOAS FESTAS - do Luis Manuel Dias.



"Luis Manuel Dias‎ para Bart Tite Guiné Bissau
Leandro Guedes, querido Amigo, faz o favor de publicares no Blog os meus votos natalícios, aqui expressos.
E aceita o meu apertado e muito amigo abraço.
Luís.
===
Como PREÂMBULO aos meus votos natalícios...
---
SONHEI...
Sonhei
que os homens
um dia se levantarão
e entenderão finalmente
que foram criados
para viverem juntos, como irmãos.
Sonhei
qie todo o homem de cor
do mundo inteiro
será julgado pelo valor da sua pessoa
e não pela cor da sua pele;
e que todos os homens respeitarão
a dignidade humana.
- Martin Luther King
===

===
BOM e SANTO NATAL
A TODOS

os meus diletos familiares, aos camaradas do BART e afins, e demais amigos
1. porque é difícil sintetizar o que me vai na alma,
2. não apenas na quadra natalícia que perpassa, mas no estender do ano,
3. A TODOS: porque me merecem o inesgotável amor, carinho e dedicação, que por Vós nutro
4. faço VOTOS de MUITA PAZ, MUITA SAÚDE, MUITO MENINO JESUS a dar o que mais fôr preciso,
5. mesmo a quem disso NÃO tenha, deles JESUS se não esqueça de os visitar e confortar, quando menos, na pessoa de algum bom samaritano
6. e a quem se sente indiferente à quadra, UM BEM HAJA, por me ter(em) aturado!
7. Beijos às minhas queridas e belas meninas - a todas
8. e fortes abraços aos rapazes - de quaisquer idades,
9. pois todos moram no meu coração.
o sempre amigo e, no que puder, disponível
Luís Manuel."

A todos um Santo e Feliz Natal

A seguir transcrevemos um artigo escrito há anos, quando os Natais eram diferentes, o qual foi publicado neste blog. 
Lenda ou verdade, relata um acontecimento supostamente passado na Primeira Guerra Mundial, durante o calor da luta, onde quem matava fazia-o para não ser morto - a essência da guerra.

Desejo um Santo e Feliz Natal, a todos os parcos mas bons leitores deste blog, que ao longo destes quase onze anos (25 de Janeiro de 2008) nos têm acompanhado. 

FELIZ NATAL, BOM ANO DE 2019.
Leandro Guedes
BOAS FESTAS!


:
"Espírito Natalício,

(Foi há 100 anos).

Em Dezembro de 1914, no auge da I guerra mundial, conta-se  que, na Noite de Natal, os soldados beligerantes (ingleses e alemães), tomaram consciência do significado da noite que viviam, e, nessa tarde de 24 de Dezembro, os alemães começaram a decorar as trincheiras com velas. Por sua vez, os “inimigos” ingleses responderam com canções de Natal.
De repente, em vez de granadas, atiravam-se prendas dum lado para o outro (chocolates, álcool, tabaco…)

As armas calaram-se, os corpos, já sem vida e tombados em ambos os lados, foram retirados e fizeram-se funerais conjuntos….

Homens (inimigos na guerra), que gelavam nas trincheiras, começaram a entoar canções de Natal, que eram cantadas numa mistura de inglês e alemão e, cem mil soldados,   acabaram confraternizando e até mesmo jogando futebol em terra de ninguém…!!!

Foi um verdadeiro milagre de Natal…!!!

Este relato não é apenas “um conto”, pois a existência de alguns testemunhos e fotos da época (recolhidos ainda em vida de alguns intervenientes), fazem prova deste interessante e comovente acontecimento…!!!

Infelizmente nada se aprendeu desde então…!!! "

Monumento ao Soldado Desconhecido, no Mosteiro da Batalha, com Guarda de Honra permanente

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Parabéns ao ex-furriel Alberto Sousa

Parabens Sousa.
Que contes muitos mais com saúde.
Um grande abraço. Quando é que apareces?.
Leandro Guedes.







quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Parabéns Pica Sinos

Para o nosso amigo Pica Sinos aquele abraço de parabens, com votos de boa saude. Passa hoje o seu 73º. aniversário. Que contes muitos amigo junto dos teus familiares, e que a malta vá vendo.
Um grande abraço.
Leandro Guedes.



quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Almoço de Natal - próximo sábado dia 15 de Dezembro - Marinha Grande



Caros amigos
"Por sugestão do VICTOR BARROS, o nosso encontro de Sábado próximo, pelas 10 horas, será junto ao ESTÁDIO MUNICIPAL DA MARINHA GRANDE, por ser mais perto do Museu e também por ser mais fácil lá chegar.
-
Pelas 13 horas o almoço de confraternização terá lugar no Restaurante Pizaria Rusticana, situado na Rua Machado Santos nr 28.
Com um custo de 15 Euros por pessoa, menu será:

As típicas entradas, bacalhau com broa e couve e picanha grelhada. Faz parte do menu as bebidas e sobremesas inclusive café.
-
Divulguem por favor.
Agradece tomem a devida nota.
Abraços.
Até Sábado.
Victor Barros"

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Almoço de Natal na Marinha Grande - 15 de Dezembro


Boa noite Guedes. 
Para colocares no Facebook e no blogue. 
Conforme planeado confirmaram o almoço na Marinha Grande para o próximo dia 15 de Dezembro os seguintes companheiros:
Pica Sinos /3, P.Pinto/2,Raul Soares /2, Monteiro /2, Costa, Hipólito, Cabito, Guedes, Henriques, Contige/2, Zé Manuel /2, Nelson Alves /2 e Barros. 
O encontro está marcado para junto do museu do vidro às 10 horas. Entrada livre. 
Após o almoço, quem desejar visita a cidade. 
O restaurante e o menu não sofreram alterações. 
Tenham boa viagem.
Vitor Barros 

domingo, 2 de dezembro de 2018

Amilcar Cabral

Do blog ROINESXXI, do amigo João Godim, partilhamos esta noticia.
O nosso agradecimento ao João Godim, acompanhado do nosso abraço.
Leandro Guedes.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Ex-alferes Abilio Domingues da CART 1743 - Algumas fotos que enviou

O ex.alferes Abilio Domingues, há pouco tempo aparecido, enviou-nos estas fotos que publicamos com muito gosto.
Obrigado amigo.
Um abraço e votos de boa saúde.
Leandro Guedes.











quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Alferes Domingues e Freire, da CART 1743

O ex- alf. Domingues postou hoje no facebook do BART, esta foto tirada em Nova Sintra, em que ele está com o ex-alf Freire da 
Cart 1743.
Nenhum deles tomou parte em nenhum dos almoços do BART. Pode ser que seja no próximo.
Leandro Guedes.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

AFRICA - ARTESANATO DA GUINÉ E CABO VERDE




“ÁFRICA - ARTESANATO DA GUINÉ E CABO VERDE
“Contar Áfricas!”, o título da exposição  que está aberta ao público no Padrão dos Descobrimentos (Lisboa), até dia 21 de Abril de 2019. Um conjunto de estátuas, capulanas, cerâmica, quadros, instrumentos musicais, fotografias, instrumentos de caça e muitas outras peças da História africana.

O objectivo é “chamar a atenção sobre África”, um mundo “muito desconhecido e complexo” que tem formas de organização social e política, religiosa e simbólica, muito próprias, como, por exemplo, o peso das mulheres em determinadas culturas, a música, as línguas, ou até mesmo os reinos e os impérios que tinham, em alguns casos com moeda própria", diz António Camões Gouveia, coordenador da exposição.

af.jpgA primeira peça, originária de Cabo Verde, é acompanhada pela palavra “duração”, a segunda, originária da Guiné Bissau, chama-se “sabedoria” e, uma ao lado da outra, algumas tapeçarias, que começaram a ser feitas em Cabo Verde há muitos anos, e o fluxo de movimento de pessoas entre esses dois países.

Apresentam-se ainda caixas de marfim com motivos africanos gravados, tudo numa mostra que se divide por três núcleos cada um demarcado a uma cor – “Espaços e poderes” (vermelho), “Conquista e exploração” (amarelo), “Símbolos e cores” (azul) – mas apresentados em conjunto e em justaposição para mostrar a inter-relação entre as peças.
Do blog ROINESXXI com a devida vénia
publicado por j.gouveia “

domingo, 25 de novembro de 2018

Mais fotos de Oficiais

Oficiais na messe de Tite 

Oficiais na Parada de Tite

Oficiais em pose para o fotografia

Oficiais ao almoço em Tite

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Desta vez é o Carlos Ramos a fazer anos.




O Ramos passa hoje mais um aniversário.
Um grande abraço de parabéns companheiro, que contes muitos com saúde. As tuas melhoras.
Leandro Guedes.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

O Carlos Leite passa hoje mais um aniversário



Muitos parabens amigo.
Que contes muitos com saúde e alegria são os nossos votos.
Um abraço.
Leandro Guedes.

domingo, 18 de novembro de 2018

ALMOÇO NA MARINHA GRANDE



ALMOÇO NA MARINHA GRANDE
15 DE DEZEMBRO (SABADO) 2018

         Conforme já anunciado, no próximo dia 15 de dezembro de 2018, organizado pelo Vítor Barros, haverá, na linda cidade da Marinha Grande, (capital do vidro), um encontro de camaradas da CCS do Bart 1914,
O acolhimento terá lugar pelas 10 horas. Será junto ao estádio municipal, na entrada da cidade de quem vier por Nazaré.
Como é do conhecimento, a história da Marinha Grande está intimamente ligada à indústria do vidro. Quem a visitar não pode deixar de conhecer o Museu do Vidro, para se inteirar das coleções que testemunham a actividade industrial, artesanal e artística do vidro em Portugal.
A visita está programada pelas 11 horas. Demorará cerca de hora e meia. Tem o custo de 0.75 cêntimos por pessoa.
Pelas 13 horas o almoço de confraternização terá lugar no Restaurante Pizaria Rusticana, situado na Rua Machado Santos nr 28.
Com um custo de 15 Euros por pessoa, menu será:
As típicas entradas, bacalhau com broa e couve e picanha grelhada. Faz parte do menu as bebidas e sobremesas inclusive café.
Após o almoço a tarde fica livre para (quem quiser) visitar a cidade e a Feira do artesanato.
Para além dos já inscritos (Guedes, Paraíso Pinto e mulher, Costa e namorada, Domingos e mulher, Pica Sinos, mulher e prima) outras inscrições devem ser feitas até final do corrente mês.
Abraço 
Vitor Barros - TELEMOVEL 916 955 080


sexta-feira, 16 de novembro de 2018

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Almoço de Natal - Marinha Grande




"Amigo Guedes
Solicita -me o Barros que prestes esta informação.
No próximo dia 15 de dezembro irá promover um almoço de confraternização na sua cidade natal que é a Marinha Grande. Para tal convida a estarem presentes os camaradas do Bart 1914. Haverá para quem estiver interessado haverá uma visita ao museu do vidro e a uma fábrica. Avisar até ao final do mês corrente.
Já mostraram vontade na presença vários camaradas. Abraço
Pica Sinos".
-
Já mostraram interesse em ir: Cap. Paraiso Pinto, Pica Sinos, José Manuel Santos, Contige, Carlos Leite, Leandro Guedes e Amador e ainda algumas caras metade..

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Oficiais

Cap. Luis Vicente, 2º. comandante Major Vaz Guedes, Comandante Rebelo, Brigadeiro Helio Felgas e Cap. Pereira Rodrigues (foto tirada após a nomeação do brigadeiro Helio Felgas para comandar outro Batalhão na Guiné).

Hoje é o Jorge Claro a fazer anos.

Parabéns Claro por mais um aniversário.
Que contes muitos com saúde, que estejas bem, são os votos de todos nós.
Um abraço.
Leandro Guedes.




quinta-feira, 8 de novembro de 2018

O Alcantara faz hoje anos






O nosso amigo José Manuel "Alcântara", passa hoje mais um aniversário. Muitos parabéns companheiro. Que contes muitos com saúde, junto dos teus e que a gente se vá vendo.
Um abraço
 amigo.
Leandro Guedes.