.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


sub tit

sub tit

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

domingo, 18 de dezembro de 2016

Mensagem de Natal - Marinho



MEU POEMA DE NATAL

Gosto muito do Natal, podem crer
Embora vos possa não parecer
Mas não consigo abrir mão das origens
De crenças pouco estudadas ou virgens

O grande Júlio Cesar, criador
Do famoso e tão galvanizador
Novo calendário juliano
Clamou Saturno, deus do novo ano

Famosas saturnálias nasceram
indenes oferendas  floresceram
De Saturno, Agricultor arcano

O Natal reformou credos pagãos
Dando-lhes belos contornos cristãos
Sacralizou  o que fora profano

Liliana Josué
16/12/2016

Com os meus votos de um Natal pleno de paz, amor e saúde

Carlos Marinho

Sem comentários: