.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Ainda sobre o tema da entrega das instalações militares de Tite e Nova Sintra


"Este bichinho é muito giro, mas o v/blog está de "mestre" - facil de se ler, transpira "sabedoria" de quem viveu entre a vida e a morte quase hora a hora, quem viveu aterrorizado, quem VENCEU ...venceram barreiras,criaram laços de amizade que com a tristeza de juventude "perdida" ,tão bem souberam "usar" para viver de cabeça erguida, cada um à sua maneira, como verdadeiros herois... bem hajam pelo trabalho, pelo empenho, pelo contributo que cada um dá conforme pode e sabe ...a HISTORIA existe porque há factos, há feitos, independentemente se a esta distancia, 50, 52 anos, pensarem hoje de forma ligeiramente diferente - estiveram onde estiveram, fizeram o que fizeram, perderam muito das v/vidas...tristemente, alguns dos próprios companheiros e até amigos, mesmo de infância - sobreviveram,.. há que VIVER a VIDA para, mesmo com alguma "raivinha", saudade, mas ainda com muita garra, expandirem o v/blog que merece lugar de destaque numa "Torre do Tombo" mesmo que virtual..... 
bjs a todos"
Natércia Leite.
in facebook do bart 1914

Sem comentários: