.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

sábado, 4 de outubro de 2014

Faleceu Alpoim Calvão

prisioneiros portugueses na prisão da Guiné-Conakri, posteriormente libertados pela Força Naval orientada pelo comandante Alpoim Calvão

Alpoim Calvão – o Militar

Foi um dos oficiais com as mais altas condecorações das Forças Armadas Portuguesas.
Natural de Chaves, foi para Moçambique até aos 16 anos, tendo depois ingressado na Escola Naval. 

Durante a guerra colonial esteve na Guiné, tendo sido responsável pela mais arrojada operação da guerra colonial, a operação Mar Verde, ocorrida a 22 de Novembro de 1970,  que teve como objectivo principal conseguido, o de libertar os prisioneiros de guerra portugueses que estavam presos na Guiné-Conakri de Skou Touré. Entre estes prisioneiros libertados, estavam os nossos companheiros da CART 1743, alf. Rosa, Cabo Capitulo e Contino, que tinham sido aprisionados em Bissássema pelo IN, durante uma operação militar de triste memória em Fevereiro de 1968, planeada e conduzida desde Tite, a qual tem sido amplamente comentada neste nosso blog.  
A libertação destes nossos companheiros é descrita no livro do alf. Rosa “Memórias de um Prisioneiro de Guerra”, que aconselhamos a ler - “Escoltados pelos nossos salvadores, deixámos a maldita prisão…”

O Comandante Alpoim Calvão, foi promovido a capitão-de-mar-e-guerra em 1986, tendo passado à reforma em Março de 1990, tendo sido em 2010 condecorado pela Marinha com a medalha de Comportamento Exemplar.

Tornou-se mais tarde num importante homem  de negócios na Guiné-Bissau, além de Brasil e Portugal. Faleceu a 30 de Setembro de 2014.

Sem comentários: