.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

domingo, 15 de setembro de 2013

Uma peregrinação... poesia pelo Luis Dias

Uma peregrinação
  
     - Vagabundagens e Delírios
             


Sabes lá, deusa querida,
Como admiro os olhos teus!
Tão profundos e sagazes,
Que roubam a luz aos meus!

Perdoa minha insistência
[Aura plena, minha vida!]
Mas será essa influência
Que rima, versa, comigo?

Uma vez e outra tento
Repousar meu pensamento.
 - Peregrinação inquieta,
Vagabunda  e delirante! -

Promete, tais sentimentos,
Não mal vás interpretar!
São íntimos … pessoais …
Assim, só, sei revelar.

Nada dizer te ousaria!
Ai de mim!...esta loucura…
Do coração me perdoa …
Musa, razão desta sina !

Numa poesia sentida,
Espúria, mas profunda
Anelava descrevê-los,
Mas falta-me a teoria.

Te não ofendas (oh, não!)
E deixa ter-te na ideia
Pura imagem, minha deia,
- A mais bela inspiração -.



LMDias,15MAR2012

Sem comentários: