.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Cantar os Reis - a Trupe do Costa


Eram pouco mais de 10 da manhã e telefona-me o Pica:
- Oh Guedes eu vi a barriga do Costa na RTP1
- Se viste a barriga ele tem que lá estar também...

E lá estava ele, inserido na Trupe de Reis do Orfeão de Ovar, a cantar os Reis.
Grande Costa, foi feito para aparecer na TV! Desta vez na Praça da Alegria, junto do Gabriel e da Sonia. Ele escolhe os programas a dedo!!!
Quem quiser ver a actuação completa do Costa, é só clicar no endereço abaixo.


Abraços ao Costa e à sua Trupe de Ovar.

3 comentários:

Albertina Granja disse...

Um pouco por todo o país existem tradições de "cantares" ao nascimento do Menino Jesus, à chegada do ano novo, aos Reis..., enfim..., "cantares" que de certa maneira têm, todos eles o mesmo objectivo ( a celebração da quadra natalícia)...
Na região de onde sou originária, esses grupos são "AS CHAROLAS", que felizmente continuam a existir e até os mais jovens já se mostram interessados em manter a tradição.., o que é muito bom...
Porém, as "TRUPES" de Ovar, não conhecia, de todo....!!!
Mas gostei..., achei bastante interessante...!!!!
É bom que as tradições não se percam e que haja sempre grande incentivo e boa vontade para continuarem.....
Albertina Granja

José Justo disse...

Adoro o ar compenetrado do nosso amigo Costa nestas situações.
Já vi que ele vive mesmo estas participações, o que acho estupendo.
Contínua amigo, pois ainda vais ganhar o Oscar do mais televisivo dos artilheiros!!
Um abraço e..trólaró...laró...laró...

Costa disse...

É isso mesmo Justo! A concentração é próprio dos artistas kkkkkkkkkkk!!!!!!
Bom Ano 2013
Abraço cá do rapaz!