.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

O Natal do nosso companheiro Hipólito

 
Falei há pouco com o nosso companheiro Hipólito, que me contou os seus problemas não só com os dentes, mas também com os olhos.
Pela sua descrição tem passado um mau bocado, e daí estar um pouco ausente das escritas no nosso blog, que tanto têm encantando o nosso grupo de companheiros, familiares, amigos e visitantes, sempre ávidos dos seus artigos.
Desejamos ao Hipólito boa recuperação, que não será rápida infelizmente, mas que esperemos seja definitiva.
Far-lhe-ia falta nesta altura um pouco daquele nectar Lacrima Christy, lá de Tite, cujo destino era a Pedra d'Ara, mas que por valores mais altos se desviava para o gabinete do SPM, qual aerograma entregue em mão e registado...!
Mas que fazer, a vida já não é o que era...
Abraços companheiro, que passes um Feliz Natal junto dos teus e que o Novo Ano te traga as melhoras a tempo de ires ao almoço em Maio, lá para os lados da Figueira da Foz.
Assim desejamos!
Um forte abraço.
LG.

2 comentários:

José Justo disse...

Hipólito
...é o PDI amigo, todos de uma ou outra forma lá somos por vezes picados pelo caruncho!!
Tudo se irá resolver da melhor maneira, estou certo disso.
Bom Natal para ti e os teus.
As tuas melhoras e um abração.

Santos Oliveira disse...

Amigo

A saúde e a doença, são, como no Casamento, para se suportarem uma á outra.
Quero deixar-te o meu Voto de solidariedade e um grande desejo de que voltes ao acampamento para uma recuperação de primeira.


Abraços, do
Santos Oliveira