.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes, furriel milº Angola ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

"NINGUÉM DESCE VIVO DUMA CRUZ!..."

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

quarta-feira, 19 de setembro de 2012


Guiné-Bissau Solidariedade

Fundação João XXIII – Ação Católica Rural do Oeste

Ribamar - Lourinhã

Algumas pessoas militantes da Ação Católica, e outras não, tiveram a iniciativa, no princípio da década de 90, de ir à Guiné-Bissau, iniciando aquilo que vieram a ser as “Férias Solidárias com a Guiné”. A ideia da Guiné surgiu pelo facto de alguns já lá terem estado como militares. O objetivo da solidariedade com a Guiné visou sempre ajudar um povo extremamente pobre, que vive no limiar da sobrevivência, mas que tem um grande carinho pelos portugueses. A experiência obtida ao longo destes 22 anos de trabalho solidário na Guiné tem permitido concluir que é urgente apoiar pequenas iniciativas locais, porque os grandes projectos pensados na Europa falham frequentemente pela falta de pessoas locais que lhes dêem seguimento e vida. Esta experiência na Guiné, não tendo uma linguagem explicitamente católica, visa no fundo tornar as pessoas mais pessoas, vivendo com maior dignidade, porque quando se vive abaixo dos padrões mínimos da sobrevivência não vale muita pregação.

Este projeto é enquadrado pela Fundação João XXIII que tem como uma das suas finalidades cooperar com os PALOP, (artigo 1.º b), c), d), e) e g): “Promover a cooperação internacional… com destaque para os países africanos de língua oficial portuguesa”).

Requisitos para fazeres parte deste grupo:

·         Espírito de voluntariado;

·         Maior de 18 anos de idade;

·         Suportar a sua própria viagem.

Todos são precisos: estudantes, professores, carpinteiros, electricistas, pedreiros, enfermeiros, médicos, etc…

Para mais informações, contactar:

·         e-mail - guinebissausolidariedade@gmail.com ou casadooeste@sapo.pt

·         Telefone e fax – 261 422 790 ou 261 419 006

·         Telemóvel – 91 261 56 16

A Fundação organiza campanhas de angariação de donativos para apoiar financeiramente estes projetos. Envia também materiais escolares, equipamentos, materiais de construção civil, medicamentos, etc.

Todos os interessados podem colaborar nestes projetos participando nas férias solidárias ou enviando donativos em dinheiro ou em géneros. O povo da Guiné-Bissau merece e precisa da nossa ajuda…

Os donativos em dinheiro podem ser feitos fazendo um depósito no Banco Millennium-BCP

Sem comentários: