.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes, furriel milº Angola ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

"NINGUÉM DESCE VIVO DUMA CRUZ!..."

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 9 de abril de 2012

When a Man Loves a Woman - Percy Sledge (pelo José Costa)


Hoje, no program da da rtp1 o João Paulo Rodrigues escolheu a canção: When a Man Loves A Woman. Ao escutar esta melodia as minhas memórias vão para Tite nos anos 67/68 quando o Alferes Carvalho e/ou o Pica Sinos colocavam um gravador  na porta dos "Criptos" aos Domingos de manhã e daqueles altifalantes soa a voz do Percy Sledge.... vejam e recordem....
José Costa
_______________________
Na verdade quando a malta se dipõe a escrever, as memórias daquele tempo surgem umas atrás das outras.
E recordo neste artigo do Costa, outros cantores americanos que também faziam as nossas delicias - Otis Redding com o dock of the bay e Aretha Franklim que cantava Respect, aliás canção imterpretada pelos dois. E é essa canção que aqui trago também, agradecendo ao Costa a sua bela ideia, que fui buscar ao facebook, já que ele se esqueceu do blog...
 

Relembro aqui também os responsaveis pela cantina das praças (Noné e...), que também eles ao domingo, se dispunham a dar um pouco mais de volume aos seus gravadores para que a malta ouvisse estas e outras canções.
Lembro ainda de alguém, não me lembro quem, que de vez em quando levava alguns discos proibidos e um deles era a Pedra Filosofal. Esta e outras canções eram ouvidas lá dentro da cantina, na arrecadação. Eu tenho receio de me enganar mas acho que estes discos eram do Alf. Carvalho.  Quem se lembra disto?
Parabens ao Costa por este recordação.
LG.

1 comentário:

Albertina Granja disse...

Que belas canções dos anos 60....!!
É bom recordar estas "preciosidades" daquela época....!!!!
"When a man loves a woman", era de facto muito ouvida e dançada pela juventude.
A Aretha Franklin com o seu vozeirão a interpretar "Respect", também era muito apreciada...!!!
Diz-se que recordar é viver...e é bem verdade....!!!
Parabéns por terem trazido a este espaço momentos tão bonitos da música da nossa geração.....