.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O almoço em Peniche, organizado pelo Henrique

O Henrique

Amigos!Nunca o significado de: “Mais vale um pássaro na mão que dois a voar” se aplica tão bem neste caso que agora passo a narrar. Ontem de dia 8, fui encontrar-me com alguns amigos de armas dos tempos da guerra colonial que prestaram serviço em TITE-Guiné-Bissau. O encontro foi na linda cidade piscatória de Peniche. O anfitrião como não podia deixar de ser é o Henrique. Este amigo nado e criado nesta linda Cidade, recebeu-nos com toda a cortesia e amizade de mais de 40 anos no colo das suas gentes.Depois de um belo repasto, onde meteu sardinhas assadas na brasa, diga-se de passagem estavam uma delícia. Eu falo por experiência própria não fosse um “Vareiro” também nado e criado em Ovar. Já agora vejam este vídeo que fiz de umas fotos de minha autoria dos anos 80 na “minha” praia do Furadouro:


Sobre o repasto deixo para o Pica pois ele sabe bem descrever e com humor por vezes, o que se passou á volta da mesa.De regresso ao centro de Peniche, o Henrique falou que havia ali uma “tasquinha” que confeccionava uma das mais conhecidas especialidades de Peniche, os “S” doce típico da região. Lá chegados e perguntando á comerciante se tinha os famosos “S” logo disse que sim. Feito os pedidos pela rapaziada de umas tantas caixas, a senhora disse que o que havia não chegava mas, que ia arranjar mais. Para não ficarmos ali á espera, dissemos que ela preparasse uns tantos que mais tarde passaríamos por ali. Fomos dar uma espreitadela a outra confeitaria para adquirir os “amigos de Peniche” e demos com eles esgotados! Não desarmamos, sim porque de armas percebemos nós.

O Costa

Fomos a outra confeitaria e compramos os ditos “amigos de Peniche”. Pelo sim, pelo não, pedi á menina que colocasse dentro da caixa uns tantos “S”. E foi o que me valeu. Então de regresso á “tasquinha” para levantar a encomenda, cruzamo-nos com uns amigos do Henrique que vinham da direcção contrária á nossa com umas caixinhas de “S”. Na brincadeira até dissemos: Essas são as nossas caixas! Seguindo-se longas risadas de todos nós. Mas o último riso foi amarelo. Então na “tasquinha” estava a dita comerciante, nada simpática a confeccionar para ainda serem colocados no forno os “nossos S” pois aqueles que nos pertenciam e que tinham sido colocados de lado pra nós, os amigos do Henrique levaram! Daí, aquela máxima que a nossa comerciante colocou em prática. “Mais vale um pássaro na mão que dois a voar”.Resultado, não fosse eu ter pedido á menina de outro estabelecimento que me aviou os “amigos de Peniche” para colocar uns “S” misturados eu ainda hoje estaria augado!É caso para dizer: Que amiga (comerciante) de Peniche heim!

5 comentários:

Hipolito disse...

Mais vale um pássaro na mão, que dois a voar ! . . .
Passarão, me saíste tu ! . . .
Reparei, reparámos todos, os bem aventurados reunidos em Peniche:
Mal leu o papelinho, deixado no parabrisas do seu carro, e que dizia, mais ou menos:
“Mi liga, tá, amor. . .
Telemóvel 91 . . . . ",
Como uma escopeta, matreiramente (como bem já fazia em Tite, nas escapadelas pr'á tabanca)desenfeou-se, à francesa, e ninguém mais lhe pôs a vista em cima.
E, fez-se, depois, luz no meu cerebrelo, ao ler aquele anúncio, na tal loja dos "S":
“Vai uma rapidinha ?”
Já deste à costa, Costa?!
Amigo de Peniche . . .

José Justo disse...

O pica anda ao papel para comentar aqui no blog...vou-lhe dar uma dica OK

José Justo disse...

Dica para comentar no Blog:

- clic COMENTÁRIOS
- Escrever o comentário
- clic ENVIAR COMENTÁRIO
- Em SELECIONAR PERFIL clic CONTA DO GOOGLE (ou outra).
- clic ENVIAR COMENTÁRIO (abre-te o Google, ou outro).
- INICIAR SESSÃO com o teu e-mail e palavra-passe.
- clic INICIAR SESSÃO.
- clic VERIFICAÇÃO DE PALAVRAS (insere a grande treta das letrinhas chatas).
- clic ENVIAR COMENTARIO
- clic TERMINAR SESSAO.

UFFFFFAAAAA...simples nao acham!!!

Braçoes para todos e não chateiem o Guedes que ele não tem culpa, e o sistema!!!!

Raul Pica Sinos disse...

Olé, Olá

José Justo disse...

Amigos, nem parece do Marinho a tirada sobre o almoço??!!
Ja temos idade para não cair nestas cenas, mas também todos temos os nossos dias maus.
Marinho, cai na real, capitão, já não basta a crise que nos esta a apertar rapaz.
O pessoal não merece!!!
Bons sonhos pra ti e um abraço.