.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

terça-feira, 26 de abril de 2011

Leonardo da Vinci - pelo Cavaleiro

Amigo,


Cá estou eu novamente.


Não te quero ver “definhado”!!!


Uma das personalidades renascentistas que mais admiro, como génio raro da nossa história é sem dúvida Leonardo da Vinci.
“Leonardo da Vinci – o Génio” foi o nome de uma exposição, que os jardins do Palácio de Cristal e o Pavilhão Rosa Mota acolheram, no ano de 2007, penso que pelo período de três meses, exposição essa a que tive o privilégio de ver pormenorizadamente, aquilo a que o comissário da exposição, mestre José Rodrigues, considerava “o protótipo da curiosidade que o ser humano devia ter para evoluir como espécie”.  Nesse evento, tive a oportunidade de poder ver modelos, em tamanho real, construídos a partir dos desenhos de Leonardo da Vinci, como o submarino, o avião, o tear ou o protótipo do pára-quedas. A exposição esteve dividida em sectores, desde máquinas civis, terrestres, máquinas de guerra, aquáticas e estudos diversos sobre anatomia e arte.
Naturalmente que fiquei deslumbrado.
A exposição mostrou que, Leonardo da Vinci, além de ser um grande pintor, e autor de "Mona Lisa", era um grande inventor, engenheiro, tendo também, contribuído enormemente com os estudos de anatomia humana.

Ao contrário do que muitos pensam, ele nunca foi reconhecido no país de origem, a Itália. Chegou a ser perseguido pela Igreja e acusado de herege, e teve que se refugiar na França, onde suas obras e invenções tiveram mais reconhecimento, daí que a maior parte das suas obras se encontrem guardadas no Museu do Louvre, em Paris..

Enfim, um grande génio, como dizia a exposição.


Uma das suas facetas, que a partir dessa exposição mais me “tocou”, e que sem querer passei a cultivar, foram e são sem dúvida os seus pensamentos. Filósofo por excelência. Por todo o lado da exposição se liam alguns dos seus pensamentos, e que eu, agora, com muito “gozo”, dou uma “mostra”no ficheiro anexo.
Espero que gostes.


Um abraço,
Cavaleiro
______________________
Leonardo da Vinci(1452 - 1519)
Pintor, escultor, arquitecto e engenheiro, Leonardo da Vinci foi o talento mais versátil da Itália do Renascimento. Os seus desenhos, combinando uma precisão científica com um grande poder imaginativo, reflectem a enorme vastidão dos seus interesses, que iam desde a biologia, à fisiologia, à hidráulica, à aeronáutica e à matemática.
Leonardo nasceu a 15 de Abril de 1452, na pequena cidade de Vinci, perto de Florença, centro intelectual e científico da Itália. O seu talento artístico cedo se revelou, mostrando excepcional habilidade na geometria, na música e na expressão artística. Reconhecendo estas suas capacidades, o seu pai, Ser Piero da Vinci, mostrou os desenhos do filho a Andrea del Verrocchio. O grande mestre da renascença ficou encantado com o talento de Leonardo e tornou-o seu aprendiz. Em 1472, com apenas vinte anos, Leonardo associa-se ao núcleo de pintores de Florença.
 Como filósofo, são inúmeros os seus pensamentos. Para reflectirem, deixo-vos com alguns dos meus eleitos:
         A lei suprema da arte é a representação do belo.
 A necessidade é a melhor mestra e guia da natureza. A necessidade é terna e inventora, o eterno freio e lei da natureza.
A vida bem preenchida torna-se longa.
Não há coisa que mais nos engane do que o nosso juízo.
Não há conselho mais leal do que o que é dado num navio em perigo.
 Não prever, é já lamentar.
O casamento é como enfiar a mão num saco de serpentes na esperança de puxar uma enguia.
O objetivo mais alto do artista consiste em exprimir na fisionomia e nos movimentos do corpo as paixões da alma.
 O ódio revela muita coisa que permanece oculta ao amor. Lembra-te disso e não desprezes a censura dos inimigos.
         O olhar de quem odeia é mais penetrante do que o olhar de quem ama.
 Os que se encantam com a prática sem a ciência são como os timoneiros que entram no navio sem timão nem bússola, nunca tendo certeza do seu destino.
 Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe.
         Quando eu pensar que aprendi a viver, terei aprendido a morrer.
 Que o teu trabalho seja perfeito para que, mesmo depois da tua morte, ele permaneça.
Que o teu trabalho seja perfeito para que, mesmo depois da tua morte, ele permaneça.
 Quem não estima a vida não a merece.
Quem pensa pouco, erra muito.
Se escolheres o prazer, conscientiza-te que atrás dele há alguém que só te trará atribulações e arrependimento.
Tal é o Prazer e a Dor... saem de um tronco único porque têm uma só e mesma base, eis que cansaço e dor são a base do prazer e os prazeres vãos e lascivos estão na base da dor.
 Todo o homem deseja ganhar dinheiro para dá-lo aos médicos, destruidores de vidas. Devem, portanto, ser ricos.


Soberbas as suas palavras, não acham?

Sem comentários: