.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes, furriel milº Angola ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

"NINGUÉM DESCE VIVO DUMA CRUZ!..."

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Pobre velho...

Que fazes pobre velho aí sentado,
                Sentado no mesmo lugar de fronte pendida?
                                             Pensando na tua mocidade e sorris com desdém...conformado.
                           Trazes as barbas compridas e roupas mal tratadas...
                       As noites! Essas de angústia ao relento passadas
                  Como eu lamento e choro por te ver sozinho!
                       A pensar talvez n'alguém que pudesse dar a mão
                               Na família, por exemplo, para quem ganhaste o pão...
                           No teu rosto, uma lágrima teimosa corre devarinho
                             Porque essa, a família, já não se julga na obrigação!
            E tu, assim andas sangrando do coração
                És tu, eu e aquele quando se atinge a idade
                      Gente que passa, indiferente, a esta sociedade,
             Olhai, Senhor, e protege o desventurado
         Que caminha errante sem lar nem pão
               Finando-se no sofrimentosem uma mão...
                                 Mas eu queria, meu Deus! um Mundo mais amado...

Autora: Odete Simões

_____________________________________________

Este texto foi transcrito com a devida vénia, do blog LOCAL DE PARTILHA, do meu colega Horácio, da Univ Senior de T.Vedras. Esta aula de blog´s tem sido um autentico nicho de criação de grandes autores de blogs. É mais um blog que aconselhamos a ver.

1 comentário:

Albertina Granja disse...

Que lindo poema este da Odete Santos!!!
Faz-nos pensar....e muito....