.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Do Marinho para os seus companheiros de Guerra.

Hoje partiu um grande homem, que muito deu pela liberdade de expressão, amizade e democracia era um homem que nunca apareceu em grandes parangonas do meio jornalístico, foi sempre uma pessoa muito assertiva sempre contra a violência e sempre ao lado da democracia e bem estar onde nunca se aproveitou do 25 de Abril para se elevar sempre muito amigo de quem precisa de uma correcção e educação nunca se armando em herói sempre humilde e amigo do seu amigo, o que me faz escrever este breve texto é simplesmente para testemunhar a revolta que sinto quando vejo noticias em que tanto jornais como televisivos enchendo toneladas de informação sobre o assassinato do Sr. Carlos Castro que eu respeito mas que fez ele em prol do trabalhador? em prol da liberdade? não me dizem? para se dar tanto interesse a pessoas que nada dizem para quem sentiu na pele aquilo que nós sentimos numa guerra que não era nossa mas que tínhamos de lamber em beneficio dos fachos que amealhavam numa migalha nossa tão distante balúrdios em escudos, é uma revolta que sinto e tinha que escrever sobre este assunto não é por ter por amigo e bom conselheiro sempre pronto a dar a mão a quem por passava, por isso digo um bem haja ao nosso CAPITÃO DE ABRIL VITOR MANUEL FERREIRA ALVES

DEUS TE DÊ TUDO A DOBRAR NO CÉU O QUE NOS DESTE A NÓS NA TERRA

Do teu amigo CARLOS (Marinho)

Sem comentários: