.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

sábado, 25 de dezembro de 2010

Parabéns Costa

Querido amigo, desejo-te um óptimo dia de aniversário. Que tenhas muitas prendas e que neste dia gelado e chuvoso estejas quentinho na companhia da tua família!
Espero que estejamos juntos brevemente, para comemorarmos....
Um abraço deste teu grande amigo

Contige
------------------------------------------------------------------------------

Hipolito disse
E pr’ó menino Costa, não vai nada  . . .
Vai  . . .

Um grande abraço de parabéns e votos de muita saúde, no futuro, data que, espero, se repita por muitos e bons anos, em nossa, e dos seus, companhia, sempre de gás à tábua, nas suas habituais peregrinações, de fazer crescer água na boca e que invejo.
Também um agradecimento por vir sendo, quando lhe dá na bolha, um grande animador do n/blog e, podemos dizer, o nosso “public relations”, tanto, interna, como, exteriormente.
Um bem haja.

Esta apressada e tardia mensagem, deve-se, tão-só, ao facto de ter acorrido, com urgência, ao pedido do Contige, já que, amigos na guerra, amigos para sempre.
Solicitou, ele, amavelmente e na melhor mensagem natalícia que recebi, a mim e outros comparsas, o nosso contributo para passar uns dias na sua casa.
Estaria a preparar um mega-presépio e faltar-lhe-ia o burro.
A sorte foi que, como cheguei já atrasado e outros companheiros não mostraram disponibilidade, teve, ele próprio, único varão da casa, como diz, de assumir essas funções.
O que só o honra, diga-se . . .
Gostava que vissem a cara dele, no presépio, como presenciei ! . . .
Lindo, de morrer a rir ! . . . só para visualizar aquela cara de zac-sarapantão,  compensou a viagem longa e cansativa.  
Serviu, ao menos, a minha boa vontade, para desenlaçar o fardo de palha que o Mestre mandou lá do alentejo (seca e mimosinha), e que retirou ao sustento das suas meninas.

---------------------------------------------------------------------

Grande Costa

Que este dia se repita por muitos, muitos anos e que eu tenha a oportunidade de escrever estas mesmas palavras, melhores desejos, com saúde.
Para ti e família, para mim e para os nossos amigos longos anos de vida e amizade. Parabéns!!

Aquele abraço



Pica Sinos
________________________

Sem comentários: