.


“Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma”


(Do Padre António Vieira, no "Sermão da Terceira Quarta-Feira da Quaresma", na Capela Real, ano 1669. Lembrado pelo ex-furriel milº Patoleia Mendes, dirigido-se aos ex-combatentes da guerra colonial.).

-

"Ó gentes do meu Batalhão, agora é que eu percebi, esta amizade que sinto, foi de vós que a recebi…"

(José Justo)

-

“Ninguém desce vivo duma cruz!...”

António Lobo Antunes, escritor e ex-combatente

referindo-se aos ex-combatentes da guerra colonial

-

Eles,
Fizeram guerra sem saber a quem, morreram nela sem saber por quê..., então, por prémio ao menos se lhes dê, justa memória a projectar no além...

Jaime Umbelino, 2002 – in Monumento aos Mortos na Guerra Colonial, em Torres Vedras


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

RECONHECIMENTO

ESTES SÃO OS EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART. FALTAM AQUI OS EMBLEMAS DAS UNIDADES DA ARMADA E DA FORÇA AÉREA QUE TANTAS VEZES FORAM AO ENXUDÉ, A TITE, A NOVA SINTRA E OUTROS AQUARTELAMENTOS, PARA ENTREGA E LEVANTAMENTO DE CORREIO, REABASTECIMENTOS DE GÉNEROS E MATERIAL BÉLICO E OUTRO DIVERSO, OU PARA EVACUAÇÃO DE MORTOS E FERIDOS E TAMBÉM PARA FLAGELAÇÃO DO IN. E AINDA VÁRIAS UNIDADES DE INTERVENÇÃO RÁPIDA TAIS COMO PARAQUEDISTAS, FUZILEIROS, COMANDOS E OUTRAS COMPANHIAS, PELOTÕES OU SECÇÕES, PARA AJUDA EM MOMENTOS MAIS DIFICEIS.

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

domingo, 4 de janeiro de 2009

Acender sempre à primeira...

Uma das recordações que trouxe de TITE, foi um isqueiro de marca "RONSON" VARAFLAME Premier V.F.282. Ainda o guardo na embalagem original e tem o preço 350$00. E claro pra que ninguém mo "levasse" quando cheguei da Guiné, uma das primeiras tarefas foi tirar a licença de isqueiro. Costa Neste comentário sobre as Licenças de Isqueiro, o Costa menciona o Isqueiro Ronson. Recordou-me um documentário que vi no Canal História, que relaciona os famosos Ronson com o tank Sherman. Os Americanos entraram tarde na Segunda Guerra Mundial, e ao contrário dos Alemães os seus tanks de guerra M4 Sherman, os únicos que possuiam na altura, eram como cascas de nozes para os excelentes e super blindados, Panzer inimigos. Ora o isqueiro Ronson tinha fama, e a marca publicitava-o, de acender sempre à primeira...o que para as tropas Americanas, logo serviu como imagem para “batizarem” os seus frágeis tanks Sherman de Ronson’s, pois ao primeiro disparo inimigo, ficavam em chamas. Curioso não ? Zé Justo

Sem comentários: