.

--

Se servistes a Pátria que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis e ela, o que costuma! (Patoleia Mendes ).

-

"Ó gentes do meu Batalhão /

Agora é que eu percebi /

Esta amizade que sinto /

Foi de vós que a recebi…"

(José Justo)


.

.
.

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART
EMBLEMAS DAS UNIDADES OPERACIONAIS ESTACIONADAS EM TITE E AINDA DAS COMPªS DO INICIO DO BART

Facebook

Para abrires o nosso FACEBOOK, clica aqui


______________________________________________________________

sábado, 16 de agosto de 2008

OS BLOGS NUM FUTURO PRÓXIMO - ZÉ JUSTO

O poder dos blogs A edição que está nas bancas da revista Exame, da Editora Abril, traz como reportagem de capa um instigante texto sobre os efeitos da blogosfera na vida das empresas. Eis alguns dos números citados na reportagem, assinada por Camila Guimarães, para mostrar o poder adquirido pelos blogs como meio de difusão de idéias, opiniões e informações de modo geral (as fontes mencionadas são o serviço americano de acompanhamento Technorati e, no Brasil, o Ibope/NetRatings): 1. Existem 34 milhões de blogs em todo o mundo. 2. A cada dia, 70.000 novos blogs são criados. 3. A cada minuto, 500 novas mensagens são publicadas. 4. A audiência já passa de 50 milhões de pessoas, ou 11% dos internautas do planeta. 5. No Brasil, 37% dos internautas lêem blogs regularmente. 6. Os brasileiros passam 20% do seu tempo de navegação visitando blogs e comunidades virtuais. No universo dos blogs, diz a reportagem, "mães falam do bebê recém-nascido, estudantes reclamam dos professores, aspirantes a escritor publicam poesias, prostitutas relatam sua rotina e, por que não?, presidentes de empresas falam de negócios". E cita um exemplo: Jonathan Schwartz, presidente da Sun, fabricante de computadores, que mantém um blog há um ano e meio. "Como o e-mail, o blog não vai ser uma questão de escolha. Todos os líderes serão obrigados a ter um", diz o executivo americano, entrevistado pela revista. "Acredito que em dez anos os presidentes vão se comunicar diretamente com clientes, funcionários e parceiros. Porque, se você não participar da conversa, outros falarão no seu lugar."

1 comentário:

disse...

Amigo Guedes
Bem-vindo ao nosso convívio, embora com a "máquina pifada" continuas sempre laborioso.

Meu caro, o meu nome incluido na "direcção" está mal, ainda não mereço esse estatuto.
Mas garanto que vou puxar pelos galões e mostrar obra.
Repito, tira tudo o que quiseres dos meus Blogs.
É um favor que me fazes OK.
...BRAÇÕES Zé